• (51) 3224.1997
  • ouvidoria@abojeris.com.br
  • 09:00 às 12:00, 13:00 às 18:00

CARTA AOS OFICIAIS DE JUSTIÇA DO RS

  • Publicado em: 31 de Outubro de 2019

A Abojeris entrou no movimento paredista, ombro a ombro com o Sindjus, na certeza de que era o momento de união. Foram dias e noites de incansável luta, e no início nos parecia até improvável o nosso sucesso. Aos poucos, hora após hora, dia após dia, o movimento foi crescendo. Novos atores foram surgindo, a criatividade dos colegas foi aflorando, UM GIGANTE ESTAVA ACORDANDO.

Tivemos uma grande vitória ao colocarmos uma multidão, um mar de combatentes pelas ruas da Capital. Um feito histórico para os servidores do judiciário.

Foi e continua sendo lindo ver todos os cargos de um mesmo judiciário, lado a lado, combatendo o bom combate, com ORDEM, RESPEITO e, principalmente, DIGNIDADE.

Os Oficiais de Justiça entraram no movimento sabendo dos riscos, das consequências, mas também da importância de estar nessa luta, ao lado dos Oficiais Escreventes.

No fatídico dia 29, tivemos uma estrondosa vitória. Somente quem estava presente no local tem a dimensão real do que aconteceu naquele dia.

Foi uma grande vitória, é verdade; foi um momento histórico e inédito na trajetória do parlamento gaúcho, mas a guerra ainda não acabou, vencemos uma batalha apenas, outras venceremos se continuarmos unidos. Unidos nós, Oficiais de Justiça, com os demais servidores. 

Por isso, colegas, a Abojeris convoca os Oficiais de Justiça que ainda não vieram para o movimento, que VENHAM, e os que já estão, que PERMANEÇAM FIRMES E FORTES, pois, em que pese a derrota do PL 93 ter sido uma vitória também nossa, pois sabemos do risco que teríamos nós, caso fosse aprovado, a verdade é que ainda nada ganhamos de nossas pautas específicas.

Ainda, seguindo orientação do próprio presidente Carlos Duro, por ocasião de uma reunião à mesa de negociação, protocolamos os seguintes requerimentos:
- Pagamento de 100% do auxílio-condução nas substituições – protocolado em 10-10-2019.
- Majoração do auxílio-condução recebido no contracheque e sua indexação à URC – protocolado em 16-10-2019.

Temos ainda outros pleitos em comum com as demais categorias: equiparação do vale refeição ao recebido pelos magistrados, Um Plano de Cargos e Salários que contemple todos os servidores, bem como o abono ou compensação dos dias parados. Há ainda outros que, mesmo não estando na pauta desse movimento, serão postos à mesa no início da próxima gestão.

Sabemos que vários colegas tiveram descontos em seus vencimentos, até mesmo no auxílio-condução, mas temos a certeza de que, se pararmos o movimento agora, em nada vai melhorar a nossa situação, pelo contrário, ficaremos sem conquistar nada.

NÃO NOS BASTA TER DERROTADO O PL 93, queremos nossa pauta atendida.

Por isso, colegas Oficiais de Justiça, É MUITO IMPORTANTE QUE TODOS COMPAREÇAM À ASSEMBLÉIA GERAL amanhã, às 13h30min, no auditório da Igreja Pompéia, na Rua Barros Cassal, 220, Bairro Floresta, e VOTEM pela continuidade do movimento paredista.

“NINGUÉM LARGA A MÃO DE NINGUÉM”.

“É GREVE ATÉ A VITÓRIA“.

DIRETORIA DA ABOJERIS