• (51) 3224.1997
  • ouvidoria@abojeris.com.br
  • 09:00 às 12:00, 13:00 às 18:00

Em parceria com a Abojeris, entidades convocam trabalhadores para Ato Público

  • Publicado em: 21 de Junho de 2018

As entidades envolvidas nos projetos de reposição salarial de 5,58%, parte da inflação de 2015, se reuniram na tarde de hoje (21). O objetivo foi estabelecer estratégias e decidir os próximos passos em relação à aprovação dos projetos na Assembleia Legislativa (AL).

Abojeris Sindicato, Sindjus, Simpe-RS, ASJ, Acedijus, Aprojus, Ceape Sindicato, Ceape (TCE), Vênus e Sindpers (DPE) decidiram, em conjunto, convocar todas as categorias para uma concentração na terça-feira, 26 de junho, na Praça da Matriz a partir das 9 horas. O ato público contará, inclusive, com um caminhão de som. Nesse dia, os trabalhadores estarão visitando os gabinetes dos deputados e convencendo os parlamentares a darem acordo para votação dos projetos em plenário.

Todas as entidades vão contribuir financeiramente para a realização da atividade. Dessa forma, a presença de todos os trabalhadores, lotando as galerias, é fundamental para que possamos consolidar a reposição salarial antes do recesso parlamentar e garantir a retroatividade do projeto.

O Sindjus e os demais servidores do judiciário estão organizando caravanas em todo o estado para virem a Porto Alegre na próxima terça-feira. Os Oficiais de Justiça devem se juntar a essas caravanas.

A Abojeris também reforça a importância da categoria intensificar os contatos com os parlamentares, vereadores, pré-candidatos e apoiadores. Principalmente das bancadas do PP, PSB, PR, PPS e PSD em todas as regiões do estado. Dependemos da adesão dos líderes das respectivas bancadas, deputados João Fischer, Liziane Bayer, Missionário Volnei, Any Ortiz e João Rainelli, para que o PL 218/2017 seja posto na ordem do dia e apreciado em plenário.

É hora de vencermos a intransigência do governo Sartori (PMDB), cobrando a valorização profissional e o compromisso dos parlamentares com a qualidade do serviço público que prestamos à população.  O fim do congelamento salarial de mais de três anos e a conquista de parte da inflação de 2015 dependerá da participação efetiva de todos.