• (51) 3224.1997
  • ouvidoria@abojeris.com.br
  • 09:00 às 12:00, 13:00 às 18:00

Reunião da Diretoria da Abojeris na CGJ apresenta avanços para a categoria

  • Publicado em: 04 de Abril de 2018

A diretoria da Abojeris manteve reunião, na tarde desta quarta-feira, 04 de abril, com a Corregedora-Geral de Justiça, Dra. Denise Oliveira César e com a Juíza Corregedora Clarissa Costa de Lima, na Corregedoria-Geral de Justiça (CGJ) do TJ/RS. A audiência ocorreu com o objetivo de buscar resultados positivos dos requerimentos que a entidade formulou, visando adequar urgentemente as despesas de condução e o auxílio condução, defasados ante a alta dos combustíveis e demais insumos.
 
Após explanação geral do Presidente da Abojeris, Sirlan da Rosa Cruz e da Diretora Jurídica da entidade, Helena Veiga, a Corregedora-Geral demonstrou preocupação da CGJ com o tema. A Dra. Clarissa Costa de Lima confirmou a existência de um grupo de trabalho que já está apreciando o tema, com a participação de outros Juízes Corregedores e do Juiz Juliano Stumpf, autor do estudo anterior das despesas de condução. Conforme a Dra. Clarissa, “os requerimentos encaminhados pela Abojeris são suficientes para demonstrar a defasagem das despesas de locomoção”. Conforme a Corregedora-Geral, assim que a CGJ obtiver um parecer sobre o tema, a entidade será novamente chamada a fim de finalizar os estudos. “Devemos ter um parecer positivo para categoria nos próximos 60 dias”, afirmou o presidente Sirlan da Rosa Cruz.
 
Em relação ao requerimento do pagamento de diárias, a CGJ demonstrou espanto pelo não pagamento de diárias para diligências realizadas fora da Comarca. Ficou determinada a análise criteriosa da situação, a fim de se revisar as justificativas para o não pagamento. Também será analisado o pagamento de diárias para diligências nos municípios jurisdicionados, cujo requerimento encontra-se com a Juíza Corregedora Clarissa Costa de Lima.
 
Participaram da reunião o Presidente Sirlan da Rosa Cruz, o Tesoureiro Hélio da Rocha Martins, a Diretora Jurídica Helena Veiga e a Oficiala de Justiça aposentada Tânia Leal Dutra.